O FIASCO DA PASTORALIDADE PÓS-CONCILIAR

lava-pc3a9s-virtual-2020

O texto abaixo foi publicado originalmente no site Fratres in unum aqui (a figura acima é da celebração ocorrida na Quinta-feira Santa deste ano em que o padre faz o lava-pés com bonecos para representar fiéis).

****************

 

A hora da Missa de Sempre

 

O cancelamento das missas presenciais em quase todo mundo empurrou a Igreja Católica para o ambiente virtual e, com ele, decretou a completa falência da liturgia pós-conciliar, que nunca foi bem sucedida em lugar nenhum. Continuar lendo

MODERNISMO NA IGREJA

Largo da Carioca

A mentalidade moderna foi alvo do Magistério recente diversas vezes. Nossos dias estão completamente tomados por ela e seus ideais; na verdade, ela invadiu o seio da Igreja até as suas entranhas. Neste texto, portanto, será exposto a origem, a base e o desdobramento da modernidade na sociedade, algumas condenações do Magistério ao seu pensamento e, por fim, o aparente triunfo do erro e sua metástase na Igreja.

Continuar lendo

A MISSA E A TEOLOGIA

3466e399-aee9-49e7-a684-c36ad955f4ba

Um argumento bastante utilizado pelos que defendem a ortodoxia da reforma litúrgica de Paulo VI, é que a Igreja não pode errar ao legislar tampouco ao impor um rito. É possível que a Igreja estabeleça um rito ruim ou herético? A resposta, como a maioria das coisas reais, não é tão simplista como querem alguns. Continuar lendo

CÂNON DE SANTO HIPÓLITO E A PRECE II

orac3a7c3a3o-eucarc3adstica-ii2

Os modernistas e os conservadores têm como discurso em defesa das aberrações que são a criação (ou inserção) de outras Preces Eucarísticas no rito Romano r(d)eformado que a Prece II é o Cânon de Santo Hipólito. Entretanto, tal foto é mentiroso como mostrará o texto abaixo. No post scriptum, publicaremos a tradução do verdadeiro Cânon de Santo Hipólito.

Fonte: Canon de Santo Hipólito?

****************

 

Canon de Santo Hipólito?

 

Entre as inovações que vimos depois do Vaticano II está a composição das novas orações eucarísticas, uma quebra com mais de 1.400 anos de história do rito romano, que só pode ser entendida como a concretização do espírito de arqueologismo litúrgico e da prepotência dos modernistas. Continuar lendo