SACRAMENTO DO BATISMO: RITUAL 2 DE 2

1424af1f093403bb2d8a36c74b844f6c

O ritual do Batismo de adultos guarda uma estrutura semelhante com o das crianças. Entretanto, a recente reforma em abril de 1962 permitiu que ele fosse realizado de modo fracionado, perpassando durante toda a Quaresma. Desse modo, o Batismo propriamente dito ocorre no dia da Vigília Pascal, restaurando um antigo costume (mas é possível ainda fazer tudo de uma só vez). Continuar lendo

Anúncios

SACRAMENTO DA CONFIRMAÇÃO

pentecotes (2)

Confirmação (ou Crisma como é mais conhecido) é o segundo Sacramento e, como seu nome demonstra, está intimamente ligado ao Batismo, o qual é por ele aperfeiçoado [1]. Não se deve entender que este Sacramento confirma, para se ter como realizado, aquilo que o fiel já recebeu no Batismo, como se algo faltasse nele [2]. Continuar lendo

SEMANA SANTA: VIGÍLIA

Easter-Vigil-with-Neocatechumenal-Community-The-Paschal-Candle_large.jpg

Continuamos a série de traduções dos textos do padre Cekada acerca da Semana Santa (anteriores aqui: Domingo de Ramos, Ofício de Trevas, Quinta-feira Santa, Sexta-feira Santa). Texto original aqui.

Tradução por Karlos Guedes.

****************

 

Vigília Pascal de 51 de Bugnini: “Primeiro Passo” para o Novus Ordo

 

OS LEIGOS que frequentam as Missas oferecidas sob os auspícios do Motu Proprio Summorum Pontificum de Bento XVI ou organizações como a Fraternidade São Pio X têm a impressão de que os ritos que vêem ali representam o ápice da tradição litúrgica católica pré-Vaticano II vis-à-vis a Nova Missa de Paulo VI. No caso da Semana Santa, no entanto, essa impressão é falsa, porque esses grupos usam o Missal de 1962. Este Missal incorpora um grande número de mudanças litúrgicas que foram introduzidas na década de 1950 e que preparou o caminho para o Novus Ordo. Continuar lendo

SEMANA SANTA: PAIXÃO

crucifixion_by_theophanes_the_cretan

Continuamos a série de traduções dos textos do padre Cekada acerca da Semana Santa (anteriores aqui: Domingo de Ramos, Ofício de Trevas, Quinta-feira Santa; posterior: Vigília Pascal). Texto original aqui.

Tradução por Karlos Guedes.

****************

 

Sexta-feira Santa: Rito Antigo vs. Rito de 1955

 

SEXTA-FEIRA SANTA originalmente não tinha ofício litúrgico. Nenhuma Missa era celebrada porque, como o Papa Inocêncio I explicou no século V, ela o dia em que “os Apóstolos se esconderam por medo dos judeus”. Continuar lendo