O BOM PASTOR

elbuenpastor

Pintura de uma catacumba romana do séc. I

«EU SOU o Bom Pastor e conheço as Minhas ovelhas e as que são minhas Me conhecem».

A figura de Nosso Senhor como o Bom Pastor impressiona os católicos desde a Igreja nascente. Isso pode ser atestado pela figura de Cristo, Bom Pastor, já reverenciada no século I.

Aquele que é, conforme Ele próprio revelou (cf. Ex 3,14); Ele é Caridade (cf. 1Jo 4,8); de tal maneira que estes dois nomes — Ser e Caridade — exprimem inefavelmente a mesma divina essência. Assim, Aquele único que é Bom em essência, revela a Sua infinita bondade derramando Seu Sangue e assim resgatando a Sua Igreja, para torná-la pura e sem mancha (cf. Ef 5,27ss).

Mas a bondade de Cristo não limita a morrer por nós. Ele quer nos pastorear como a ovelhas. Por isso afirma Sua origem de Deus «EU SOU»; e completa «o Bom Pastor». Tanto quanto Cristo é Deus, Ele é o Bom Pastor:

E que Aquele que é a bondade por natureza, a qual devemos imitar, acrescenta dizendo: O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas (Homilia do Papa São Gregório Magno, séc. V).

No Evangelho, Nosso Senhor faz uma comparação de seu pastoreio com o do mercenário. Ele é, de fato, o Bom Pastor ─ e não mercenário; e são Suas chagas que Ele ostenta e carrega, apesar de Seu Corpo ressuscitado (cf. Jo 20,20), a demostração de Sua bondade para conosco, pois são gloriosas (cf. Liturgia do Sábado Santo)!

O mercenário jamais teria as chagas, prova de doação completa pelas ovelhas, pois “não lhe importam as ovelhas” (Evangelho). O Bom Pastor, contudo, dá a vida pelas ovelhas, para que por Suas chagas sejamos curados (cf. Epístola).

Mas, poderiam dizer alguns, como Ele é o Pastor, se não o vemos? Onde Ele está? (cf. Sl 41,4). A Liturgia de hoje mostra, então, outra maneira por que nós podemos reconhecer o Pastor: “Conheceram os discípulos ao Senhor Jesus na fração do pão” (Aleluia Pascal).

A Santíssima Eucaristia, que só pode ser confeccionada na Missa, na celebração em que se atualiza o Santo Sacrifício, por ela também recebemos esse mesmo Bom Pastor chagado pelas ovelhas. No Santíssimo Sacramento do Altar, Nosso Senhor Se nos apresenta como aos Apóstolos: nos mostra as marcas dos cravos e o lado aberto. Não há como dissociar a Presença Real com o Sacrifício, como querem os modernistas diminuindo essa verdade e chamando o Sacrifício da Missa de “celebração eucarística” (sic).

A Caridade de nosso Deus é completa e infinita: não só Se entrega à morte para salvar as ovelhas desgarradas, como Se digna pastoreá-las, não lhes entregando à própria sorte, e completa Sua obra de Redenção permanecendo realmente presente na Igreja até o fim dos tempos (cf. Mt 28,20) e dá-Se como alimento para elas, como ensina São Gregório:

O Bom Pastor deu a Sua vida por Suas ovelhas, as quais redimiu com Seu Sangue derramado, e sacia com o alimento do Sacramento de Seu Corpo.

O pastoreio de Nosso Senhor não pode ser alvo de uma reflexão, mesmo que modesta como esta, sem nos lembrarmos do nosso Pastor aqui na terra, o Santo Padre, o Papa. É a São Pedro que Nosso Senhor passa todo o poder e responsabilidade sobre nossas almas e o constitui Pastor Supremo da Grei e Vigário de Seu múnus: “Pedro, tu Me amas?… Apascenta Minhas ovelhas” (cf. Jo 21,16ss). E assim, no aprisco de Cristo, que é a Igreja, somos governados pelos mesmos pastores (cf. Prefácio dos Apóstolos), ou seja, por Ele mesmo através de Seu Papa, da Doutrina da Fé infalível, do poder de governar, de santificar e de ensinar.

Que maravilha a Liturgia da Igreja, que maravilha a Santa Doutrina, que atestam a infinita Bondade do Pastor e Bispo de nossas almas (cf. Epístola). Quão grande, também,  não deve ser nossa gratidão e, de mesma proporção, nossa alegria? Ah, igualmente, quão imensa nossa responsabilidade, pois a quem muito é dado…

Anúncios

Uma resposta em “O BOM PASTOR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s